Um Pouco de Poesia

                      Aos Olhares
                                                                    (Marcelo Leandro dos Santos)
                                                   
            Cruzaram-se os olhares,
     Rapidamente se viu
Estava no outro,
    Quando este sorriu.
               Ao ver que também sorria,
          De certa forma retribuía
               O que por instantes parecia
austero,
                Nada de simples estética ou
esmero,
     Era um momento de 
retribuição,
          Devolver quase que por 
gratidão,
        Aquele lapso de tempo
dedicado
               A ver, penetrar com o olhar
apurado,
         No que por coincidência
         O outro também apurou,
                  Por mera direção dos olhos ou
insistência
Da vontade de ver,
           Ver o que um simples olhar
causou...